O que é o Doppler?

Vocês já devem ter visto guias de pedido de exame solicitando Ultrassom obstétrico com Doppler Colorido. E o que é esse tal de Doppler?

O Efeito Doppler é a mudança na frequência de uma onda (onda de som ou onda eletromagnética) para um observador se movendo relativamente a fonte dessa onda. Para o caso do som, o exemplo didático mais utilizado é o da ambulância.

Vamos supor que você está parado na frente de sua casa e uma ambulância passa. Quando a ambulância está se aproximando, você escuta o som mais agudo. Conforme ela vai se afastando de você, você ouve o som mais grave.

Isso acontece porque comparando com a frequência emitida pela fonte (no caso, a ambulância), a frequência recebida pelo observador é maior durante sua aproximação (som mais agudo), idêntica bem no instante em que passa na frente do observador e mais baixa quando está se afastando (som mais grave).

No exame ultrassom, a fonte de ultrassom é o aparelho. As ondas de ultrassom atingem o interior do corpo da gestante e do bebê. Só que o corpo da gestante e o corpo do bebê não estão imóveis. O coração bate e temos também o fluxo sanguíneo, o movimento das veias e artérias. Quando a onda de ultrassom retorna para o aparelho, ele detecta essas variações causadas pelo Efeito Doppler.

Isso também é muito útil para os médicos que cuidam das artérias e veias. Através do mesmo mecanismo o ultrassonografista consegue avaliar as velocidades dentro dos vasos sanguíneos e dizer se eles estão entupidos ou não.